Unordered List

This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

CONVOCAÇÃO DE APROVADO EM CONCURSO DA UNEB

A UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA CONVOCOU MAIS UM APROVADO NO ÚLITMO CONCURSOS PÚBLICO PARA TÉCNICO ADMINISTRATIVO EFETIVO,  REALIZADO EM 2010.


NOME:ADRIANO DOURADO SILVA 
FUNÇÃO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO


Avisamos ainda que quem conhecer o convidado citado à cima favor informá-lo o mais rápido possível de sua convocação.


UNEB de Irecê
unebirece.blogspot.com
wmarcolino@uneb.br

NOVAS CONQUISTAS DO CAMPUS XVI - IRECÊ

1. A DIREÇÃO DO DEPARTAMENTO INFORMA QUE NOSSA BIBLIOTECA FOI REFORMADA PARA MELHOR ATENDER. CONTAMOS AGORA COM UMA SALA DE VÍDEO E DUAS SALAS DE ESTUDOS INDIVIDUAL PARA AS ORIENTAÇÕES DE MONOGRAFIA,SIPE E PPP E COM UMA BANCADA DE LEITURA INDIVIDUAL.


2. REALIZAMOS A LICITAÇÃO DE NOVOS LIVROS PARA ATENDER OS CURSOS DE PEDAGOGIA E LETRAS, E OS CURSOS DA PLATAFORMA FREIRE.

3. INFORMAMOS QUE AS OBRAS DO ANEXO FORAM RE-INICIADAS DIA 30 DE MAIO, COM PREVISÃO DE TÉRMINO EM OUTUBRO.



Foto UNEB Irecê/ Construção Anexo

Foto UNEB Irecê/ Construção Anexo











 4. AS OBRAS DO ATERRO DA LAGOA E TRANSFORMAÇÃO DO ESPAÇO EM UMA ÁREA DE CONVIVÊNCIA, TAMBÉM ESTARÁ DANDO INÍCIO AGORA EM JUNHO.


Helga  Porto Miranda
contatos: 71 9183 1024
                74 9980 8888

RECONHECIMENTO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNEB DE IRECÊ


O Diário Oficial do Estado de hoje(22) publica em sua página da Educação a portaria nº 053/2011 do Conselho Estadual de Educação a comissão para verificação in loco do funcionamento do curso de PEDAGOGIA da UNEB-Campus XVI-Irecê. A Comissão terá um prazo de 60(sessenta) dias à partir de ontem(21) para visitar o Departamento e emitir parecer ao CEE, ambas professoras da comissão são docentes da UESB-Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Confira a portaria abaixo:


PORTARIA Nº 53/2011
A PRESIDENTE DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e em conformidade com a Resolução CEE 132/2000,

Resolve:

Art. 1º - Designar a Mestre em Educação Professora Cácia Cristina França Rehem e a Mestre em Memória Social e Documento Professora Maria da Graça Silva Bispo, ambas da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia para, sob a Coordenação da primeira, proceder à verificação in loco das condições de funcionamento do Curso de Licenciatura em Pedagogia, oferecido pela Universidade do Estado da Bahia, no Município de Irecê, conforme o Processo CEE 32541-6/2011, visando à elaboração do Relatório de Verificação, para fins de Reconhecimento desse Curso.

Art. 2. º - A Comissão de Verificação, ora nomeada, terá o prazo de 60 (sessenta) dias, a contar da data da publicação desta Portaria, para visitar a Instituição e apresentar o Relatório de Verificação.

Salvador, 20 de junho de 2011.

Aylana Alves dos S. Gazar Barbalho
Presidente

Fonte:DOE 22/06/11

AVISO: 3º Semestre de Pedagogia

Alunos do 3° semestre de Pedagogia, a aula de hoje será com a professora
Edineiram , é necessário que todos tragam o material para orientação
dos trabalhos.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

UNEB de Irecê retorna as aulas no próximo dia 27/06 depois do São João

Foto:uneb.br

Em reunião do Conselho do Departamento nesta manhã(17) o DCHT-CAMPUS XVI-IRECÊ decidiu que o efetivo retorno das aulas do Departamento acontecerá dia 27/06/11.


O Departamento enviou para as emissoras de rádio da cidade comunicado da decisão e para os emails dos discentes e professores do Campus.

UNEB divulga novo Calendário Acadêmico Simplificado após a greve

Fonte:uneb.br
A UNEB - Universidade do Estado da Bahia divulgou hoje(17) no Diário Oficial do Estado na página da Educação, o novo Calendário Acadêmico Simplificado para o semestre 2011.1 após o término ontem do movimento grevista dos docentes que durou 51 dias. Confira:

RESOLUÇÃO Nº. 1325/2011 – Aprova o Calendário Acadêmico Simplificado para o semestre letivo 2011.1, na forma que indica. O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CONSEPE) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no uso de suas atribuições legais, estatutárias e regimentais, ad referendum do Conselho Pleno, com fundamento no artigo 10, § 6º do Regimento Geral da UNEB, tendo em vista o que consta do Processo nº 0603110127207, após parecer favorável do relator designado, RESOLVE: Art. 1º. Aprovar o Calendário Acadêmico Simplificado para o primeiro semestre letivo do ano de 2011, conforme discriminado abaixo:


JUNHO:17 -Reinício do semestre
(O Campus XVI - Irecê decidiu, em reunião com o conselho departamental, que em virtude dos festejos juninos o retorno das aulas será  dia 27 de junho de 2011. Essa decisão foi adotada em outros Campus da UNEB).


23 a 25 - Recesso junino

SETEMBRO19 - último dia de aula

Após 51 dias, greve na UNEB chega ao fim

Foto:ADUNEB

Reunidos em assembleia na tarde de hoje (16), os professores da UNEB decidiram pelo fim da greve, iniciada no dia 26 de abril. A decisão foi tomada após a assinatura do Acordo com o governo do Estado na manhã de ontem (15), na Secretaria de Educação (SEC). Ainda hoje, a Diretoria da ADUNEB enviará ofício à Administração Central da UNEB informando o fim do movimento paredista e o retorno das atividades acadêmicas a partir de amanhã, 17 de junho.

Avaliação do movimento grevista


Durante a assembleia, a categoria avaliou o movimento grevista, que teve duração de 51 dias. Os professores, a despeito de todo o autoritarismo e intransigência do governo, inclusive com a suspensão dos salários, não cederam à chantagem do Executivo e se mantiveram forte na defesa da sua pauta de reivindicação. A assembleia destacou que a radicalização, ao ocupar a Assembleia Legislativa por 07 dias, e a unidade com os demais segmentos universitários, estudantes e técnicos, foram elementos decisivos para fazer o governo recuar e negociar com a categoria. O pagamento dos salários, ainda durante a greve, demonstrou a força do movimento e o apoio da sociedade baiana à luta dos professores. Para a categoria, essa greve foi vitoriosa e reafirmou a importância de um sindicato combativo, representativo e autônomo. A ADUNEB saiu fortalecida e, consequentemente, a categoria docente aumentou a disposição para continuar a luta em defesa do Ensino Superior Baiano e da Educação Pública e de qualidade.


Calendário Acadêmico


A assembleia definiu o retorno imediato das atividades acadêmicas. A partir de amanhã, as aulas recomeçam na UNEB. Sobre o calendário acadêmico, a categoria definiu princípios que devem ser respeitados pela PROGRAD, órgão ao qual compete elaborar o cronograma de reposição das aulas e das demais atividades acadêmicas. Para os professores, a elaboração do novo calendário deve respeitar o mínimo de 100 dias letivos, como prevê a Lei de Diretrizes e Base (LDB), manter as férias docentes em janeiro e o princípio de um calendário único para toda a UNEB.


Mobilização continua


Durante a assembleia, a categoria reafirmou que, apesar do fim da greve, as mobilizações devem continuar para garantir que novos avanços em relação ao Decreto, nas reuniões bimestrais com o governo, sejam alcançados. Além disso, os professores apontaram a necessidade de iniciar discussões sobre os problemas específicos da UNEB e buscar soluções frente à Reitoria. Uma comissão de mobilização, aberta a todos os professores interessados, atuará junto à Diretoria da ADUNEB para encaminhar ações de mobilização no próximo período. “A greve acabou, mas a luta é cotidiana”, assim os representantes da Mesa encerraram a assembleia.




Fonte: ADUNEB

terça-feira, 14 de junho de 2011

CAA: Edital de seleção de Monitor de GRH (Dez vagas)

Fonte: imagens google

PROCESSO SELETIVO: Centro de Assessoria do Assuruá informa abertura de processo de seleção para contratação de Educador ou Educadora Popular para trabalhar como Instrutor (a) na formação das famílias beneficiadas pelo Projeto Cisternas.
 Dos números de vagas: 10 (Dez) – Instrutores Educacionais dos Cursos de GRH, os demais currículos ficarão no banco de dados do CAA.
Da Remuneração e Regime: A Remuneração será equivalente ao valor bruto de R$ 125,00 (cento e vinte e cinco reais) por diária, totalizando por curso 02 (duas) diárias no valor bruto de R$ 250,00 (duzentos e cinqüenta reais), sendo descontado todos os impostos previstos em Lei.

SISU: PROCESSO SELETIVO 2°/2011 - INSCRIÇÕES ABERTAS

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR
EDITAL Nº. 7, DE 8 DE JUNHO DE 2011
PROCESSO SELETIVO DO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA
(SISU) - EDIÇÃO 2º/2011  -  BAIXAR O EDITAL COMPLETO

Na UNEB Campus  XVI/Irecê a  oferta será de 06(seis) vagas para o curso de Letras/Ling. Portuguesa e Literaturas (Licenciatura), segundo semestre matutino.

Foto:http://sisu.mec.gov.br
((((CRONOGRAMA COMPLETO))))

1. DAS INSCRIÇÕES
1.1. As inscrições no Sisu deverão ser efetuadas de 15 a 19 de junho de 2011, exclusivamente pela internet, por meio do Portal do Sisu, no endereço http://sisu.mec.gov.br./
1.2. Somente poderão se inscrever no processo seletivo do Sisu 2º/2011 os CANDIDATOS que tenham participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem referente ao anoOTO: de 2010 e que, cumulativamente, tenham obtido nota acima de zero na prova de redação, conforme disposto na Portaria MEC no- 391, de 07 de fevereiro de 2002.
1.3. O Sisu ficará disponível para inscrição dos CANDIDATOS das 6 horas às 23 horas e 59 minutos de cada dia de inscrição, observado o horário oficial de Brasília-DF.
1.4. Não haverá cobrança de taxa de inscrição dos CANDIDATOS às vagas ofertadas pelo Sisu.
2. DAS CHAMADAS
2.1. O processo seletivo do Sisu 2º/2011 será constituído de 02 (duas) chamadas sucessivas.
3. DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS
3.1. Primeira Chamada: 22 de junho de 2011.
3.2. Segunda Chamada: 02 de julho de 2011.

4. DAS MATRÍCULAS NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR (IES) PARTICIPANTES DO SISU
4.1. Primeira Chamada: 27 e 28 de junho de 2011.
4.2. Segunda Chamada: 05 e 06 de julho de 2011.
Letras/Ling. Portuguesa e Literaturas (Licenciatura)Letras/Ling. Portuguesa e Literaturas (Licenciatura)

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Greve dos professores universitários da BA é ampliada a outras categorias

Servidores da UFBA decidem por greve em tempo indeterminado.
Professores da rede particular também paralisam atividades.

foto: mobilziações dos professores (Raíza Rocha/ADUNEB)
A greve continua para os professores das quatro universidades estaduais da Bahia. A próxima rodada de reuniões está marcada para sexta-feira (10) entre o governo e os docentes na tentativa de um consenso no acordo salarial. A proposta prevê a incorporação de uma gratificação à remuneração em troca do congelamento do salário por dois anos.
A Uneb, com sede em Salvador, está em greve desde 26 de maio e decidiu manter a paralisação em assembleia realizada na quarta-feira (8). Já a Universidade Estadual de Feira de Santana, do Sudoeste e de Santa Cruz, já passa dos dois meses de paralisação. Mais de 60 mil alunos estão sem aulas nesse período.
FederalPelo menos 500 servidores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) deflagraram greve por tempo indeterminado, decidida em assembleia na quarta (8). A greve na Bahia será iniciada na segunda-feira (13), acompanhando a adesão de 21 universidades federais em todo o Brasil. A Bahia conta com cerca de seis mil servidores.
De acordo com a Assufba (Sindicato dos Técnicos-Administrativos da UFBA e UFRB), a categoria reclama piso de três salários mínimos, racionalização de cargos, reposicionamento dos aposentados, devolução do vencimento básico complementar absorvido, isonomia salarial e de benefícios, contra a terceirização, além da abertura imediata de concursos públicos para substituição da mão de obra terceirizada em todos os níveis da carreira para as áreas administrativas e dos HU’s (Hospitais Universitários), além da extensão das ações jurídicas transitadas e julgadas.
Rede particular
A quarta-feira (8) também foi dia de assembleia, que decidiu por greve para os professores da rede particular de ensino. A paralisação da categoria será iniciada nesta quinta-feira (9). A pauta de reivindicação será estabelecida a partir das 9h, quando os representantes se reunirão no auditório da Faculdade de Arquitetura da UFBA, no bairro da Federação. Eles pedem reajuste salarial, bolsa de estudo para os filhos de professor, além de intervalo para descanso na educação infantil.


Fonte: G1 BAHIA / ADUNEB

quinta-feira, 9 de junho de 2011

UNEB: Professores decidem pela Manutenção da Greve

Fonte:ADUNEB
Reunidos em assembleia geral na manhã e tarde de hoje (08/06), os professores deliberaram pela manutenção da greve por tempo indeterminado. A aprovação foi por unanimidade. Na ocasião, avaliou-se que as negociações, reabertas nesta segunda, não chegaram ao fim, pois há problemas na nova proposta do Governo. A categoria destacou que a radicalização do movimento, ao ocupar a Assembleia Legislativa, foi acertada e que o recuo do Governo, ao retomar as negociações, foi resultado dessa ação.

Na proposta sobre o Decreto, no entanto, permanece, em muitos pontos, a intransigência do Governo. Em primeiro lugar, o documento é denominado de Termo de Compromisso e não Termo de Acordo. Em segundo lugar, continua a condicionar o início da discussão sobre os impactos do Decreto nas Universidades Estaduais ao final da greve e propõe apenas reuniões trimensais.
A assembleia deliberou que a ADUNEB leve para a Mesa de Negociação a mudança na denominação do Termo, bem como a exigência de que as reuniões deverão ser mensais e que tenham o papel não só de discutir, mas também de definir soluções em relação aos impactos do Decreto. A categoria deliberou que no artigo referente aos processos de promoção e progressão sejam acrescidos os processos de Mudança de Regime de Trabalho, destacando que todos eles deverão tramitar unicamente no âmbito de cada UEBA e que sejam implantados em folha imediatamente após o seu deferimento, sem qualquer ingerência do Governo. A autonomia das Universidades em relação à tramitação desses processos é garantida pelo Estatuto do Magistério Superior, mas o Governo tem desrespeitado reiteradamente este direito.

Haverá uma reunião com o Governo na próxima sexta (10). Nesta reunião, o movimento levará a contraproposta para avaliação. Em assembleia, os professores da UEFS, UESB e UESC também mantiveram a Greve.
Fonte: ADUNEB

quarta-feira, 8 de junho de 2011

GREVE NA UNEB: Negociação é restabelecida, mas ainda não chegou ao fim

foto: Emiriene Costa
 Acordo Salarial
Decreto 12.283/11.


Na noite de ontem, o Fórum das ADs e representantes dos estudantes se reuniram com o Governo para retomar as negociações sobre o acordo salarial 2010 e o Decreto 12.583/11, suspensas no dia 27 de maio pelo próprio Governo ao se retirar da Mesa Setorial.

Conforme publicado anteriormente, a reabertura das negociações foi fruto da pressão exercida pelo movimento unificado de professores e estudantes que ocuparam a Assembleia Legislativa por 07 dias.

Na reunião de negociação, o movimento apresentou uma nova proposta a partir da intermediada pelo Fórum dos Reitores. Na versão do movimento, acrescentam-se pontos relativos ao decreto de contingenciamento, além de antecipar a Mesa de Negociação para discussão da segunda rodada de incorporação da CET para outubro de 2012. 

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Território de Irecê realiza pacto pela Segurança Alimentar e Nutricional durante conferência

  Carta política  que firma o Pacto pela Segurança Alimentar no Território de Irecê. A carta foi elaborada e aprovada pelos delegados e delegadas da Conferência Territorial de Segurança Alimentar e Nutricional realizada nos dias 01 e 02 de junho no  auditório da UNEB em Irecê.


Foi com entusiasmo e muito diálogo que mais de 100 pessoas decidiram na quinta-feira (02),  durante a Conferência Territorial de Segurança Alimentar e Nutricional  firmar um pacto em defesa da questão para os 20 municípios que integram o Território de Identidade de Irecê na Bahia. ( fotos do evento)
Mesa de Abertura
As diversas representações da sociedade civil e poder público debateram, durante os dois dias de evento no auditório da UNEB em Irecê, o direito humano à alimentação adequada  e saudável e  ajudaram na construção das bases para a formulação do Plano de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia e do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.
A conferência foi realizada com sucesso e garantiu o estabelecimento do pacto pela Segurança Alimentar e Nutricional entre todos os presentes. O pacto está expresso na carta política do território, que é uma espécie de síntese das discussões coletivas dos grupos de trabalho. O documento foi lido e aprovado durante a plenária final do evento.
 Dentre os principais acordos firamos estão garantir o direito humano a alimentação adequada e saudável nas políticas públicas, mobilizar o os municípios para criar o Sistema Municipal de SAN e fortalecimento do Sistema Estadual e defender as prioridades identificadas pela conferência na elaboração do Plano Estadual de SAN e incluí-las no PTDRS - Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável do Território.
Para o coordenador  do Conselho Territorial, Mário Augusto (Jacó), este debate sobre segurança alimentar é  prioridade.  Segundo ele, a implementação de políticas públicas e sociais neste campo é um desafio não só para o poder público, mas da sociedade como um todo. “Estamos felizes com a realização exitosa de mais uma conferência que garantiu a participação popular na construção dos processos. Enfrentamos o problema da insegurança alimentar no dia a dia das comunidades carentes e sabemos que isso só poderá ser resolvido quando colocarmos em prática o pacto estabelecido agora”, afirmou.


Governo tenta criminalizar greve da UNEB, apesar do STF dá parecer favorável ao movimento

O governo Wagner cumpriu a sua ameaça de tentar criminalizar o movimento grevista ao entrar com uma ação civil pública pedindo a declaração de “ilegalidade” da greve. Hoje, a ADUNEB foi notificada da ação do Executivo. Com esta política, o governo objetiva confundir, esvaziar e enfraquecer o movimento. Vale destacar que, a própria Justiça já considerou o movimento legítimo e legal ao ordenar o governo a pagar os salários dos grevistas. O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve nesta sexta-feira (3) a decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que determina o pagamento dos salários dos professores. O presidente do STF, ministro Cézar Peluzo, negou o pedido de suspensão de liminar impetrado pelo Governo do Estado, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e o governo terá que pagar os salários ou estará descumprindo a lei.
A ADUNEB já encaminhou pedido de reconsideração ao Juiz que concedeu liminar favorável ao Governo sobre suposta “ilegalidade” da greve na UNEB. Além disso, recorreu para o Tribunal da Justiça, com minuta de agravo, contra a decisão da 8ª Vara de Fazenda Pública da Capital, solicitando suspensão aos efeitos da LIMINAR proferida que exige o retorno às aulas.
Segundo a liminar favorável ao governo, o movimento não teria comunicado a deflagração da greve e o movimento paredista “estaria sendo exercido de maneira exageradamente ofensiva ao direito transindividual à educação”.
O movimento defende-se na minuta de agravo e afirma que houve aviso prévio e posterior a deflagração da greve. A ADUNEB e o Comando de Greve da UNEB comunicaram à Universidade do Estado da Bahia, enquanto Autarquia Estadual e que, portanto, goza de autonomia administrativa, financeira e acadêmica, sobre o movimento que se iniciava.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

INSCRIÇÕES DO ENEM 2011

 A taxa de inscrição para participar do ENEM 2011 é de R$ 35,00 (trinta e cinco reais). No entanto, estão isentos do pagamento da taxa:
  • Automaticamente: Alunos matriculados no último ano (concluintes) do Ensino Médio em instituições públicas de ensino (federais, estaduais e municipais);
  • Mediante Declaração de Carência: Demais participantes, desde que declarem carência no ato de sua inscrição e que a declaração seja aprovada pelo Inep.

DATAS:

As inscrições do ENEM 2011 serão realizadas:

Das 10h do dia 23 de maio até 23h59 do dia 10 de junho, observado o horário oficial de Brasília-DF.

Site para inscrição do ENEM 2011: http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao/

2 - Quando será a aplicação das provas do Enem 2011?

Nos dias 22 e 23 de outubro de 2011, com início às 13h, horário oficial de Brasília-DF, em todas as unidades da Federação.

INSCRIÇÕES

3 - Qual o valor da taxa de inscrição?

Para os inscritos pagantes a taxa é de R$ 35,00 (trinta e cinco reais). Ela deverá ser paga por meio de GRU simples (boleto), gerado no ato de inscrição. O boleto pode ser reimpresso durante todo o período de inscrições, e deve ser pago até o dia 13/06. Caso contrário, a inscrição não será efetivada.

4 - Quem está isento do pagamento da taxa?

Todos aqueles que estiverem concluindo o ensino médio em 2011 em escola pública são automaticamente isentos. Nos demais casos, o participante pode pleitear isenção de taxa declarando-se pertencente a família de baixa renda. O pedido de isenção do pagamento da taxa somente poderá ser solicitado por meio do sistema de inscrição.

5 - Haverá atendimento diferenciado a participantes com necessidades especiais?

Sim, desde que o participante nessas condições informe suas necessidades especiais no ato na inscrição. Eles deverão dispor dos documentos comprobatórios, que poderão ser solicitados pelo Inep a qualquer momento.

Educação: MEC muda critérios da bolsa do ProUni

Fonte: Google
As instituições privadas de ensino superior que integram o Programa Universidade para Todos (ProUni), do governo federal, passarão a receber dispensa fiscal referente apenas às bolsas preenchidas por alunos. Uma medida provisória aprovada pelo Senado alterou a regra vigente até então, segundo a qual as faculdades têm isenção em troca da oferta de bolsas, independentemente de elas serem ocupadas ou não. Após questionamento do Tribunal de Contas da União (TCU), a isenção de impostos será proporcional ao percentual de vagas preenchidas. O ProUni oferece bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) a estudantes que tenham cursado o ensino médio em escola pública.Informações do BN.
Fonte: http://jorgeluizfiqueinformado.blogspot.com/2011/06/educacao-mec-muda-criterios-da-bolsa-do.html

quarta-feira, 1 de junho de 2011

CONFERÊNCIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NO TERRITÓRIO DE IRECÊ.

 Evento realizado no auditório da UNEB Campus XVI de  Irecê
Foto: unebirece.blogspot.com
 A Conferência tem como objetivo construir compromissos  para efetivar o Direito Humano à Alimentação  Adequada e Saudável no Estado da Bahia, em observância ao previsto  no Artigo 6º da Constituição Federal, e promover a Soberania Alimentar por meio da implementação da Política e do Sistema Nacional e Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (SISAN) nas esferas  de Governo em nível Municipal e Estadual com a participação da sociedade.
O CSAN do Território de Irecê será orientada pelos seguintes eixos temáticos:
Eixo 01: Avanços, ameaças e perspectivas para a efetivação do Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável e da Soberania Alimentar;
Eixo 02: Planos Estadual e Nacional de SAN;
Eixo 03: Sistema Estadual e Nacional de SAN e Política Estadual e Nacional de SAN.
Fonte: google
O evento é uma iniciativa do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, com a Coordenação Estadual de Territórios – CET e com a Secretaria Executiva do Grupo Governamental de Segurança Alimentar e Nutricional. 



Fonte:unebirece.blgospot.com

UNEB: Professores mantém greve mesmo diante da decisão da Justiça

Foto:Clarissa Pacheco/atarde
Mesmo com a decisão da Justiça de considerar a greve dos docentes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) ilegal, a categoria diz que vai manter o movimento.
"Causou uma surpresa para a categoria e ficou um sentimento de lástima em saber que a Justiça declarou ilegal um movimento ligado à educação. Mas não estamos abatidos, nem desanimados, pois entendemos que a luta é importante para a defesa da universidade", diz Nora de Cássia Oliveira, diretora da Aduneb (Associação de Professores da Uneb).

De acordo com ela, a entidade ainda não foi notificada da decisão judicial, mas os advogados da Aduneb estudam como reverter a situação.

A categoria também acusa a Justiça de contradição pois, ao mesmo tempo que considerou a greve ilegal, ordenou através de liminar que o governo pague imediatamente o salário dos docentes. A regularização do salário é uma das principais reclamações dos docentes.

"Queremos voltar à mesa de negociação, mas queremos que o governo negocie com respeito. Já há quatro decisões do Tribunal de Justiça indicando o pagamento imediato", diz Gildásio Santana Júnior, professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Gildásio também ressalta a importância da participação dos estudantes no movimento. "É importante a permanência estudantil, porque é necessário que o governo crie residências estudantis e restaurantes universitários. Uma universidade pública precisa fornecer isso", defende.

Já a estudante Ivanise dos Santos, diretora da Assembleia Nacional dos Estudantes Livres (Anel), a mobilização estudantil questiona o decreto 12.583, que corta as verbas das universidades. "Não estamos pedindo que o governo aumente o número de vagas, e sim, que não diminua".

Fonte: http://jorgeluizfiqueinformado.blogspot.com/