Unordered List

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

A literatura de cordel cantada em verso e prosa no território de irecê




  Nos dias 16,17 e 18 de Agosto ocorreu o 1º grande evento sobre a Literatura de Cordel no Território de Irecê no auditório da UNEB, Campus XVI, organizado pelos discentes do II semestre do curso de Letras.
      O evento contou com a presença da diretora do Campus XVI Sra. Helga Porto, o coordenador e professor do Curso de Letras Marielson Carvalho, os professores Felipe Serpa, Orlando, Aurinívea e demais professores do campus XVI, a presença  do Prefeito da cidade de Irecê  Zé das Virgens e a primeira dama Robéria, o poeta e secretário da Cultura André Marques lançando o livro: Álbum Poético: Velho Chico, a Secretária da Educação Margarete, alunos de Colégios Estaduais, alunos do Projovem( Programa Nacional de Inclusão de Jovens), alunos do CETEP (Centro Territorial de Educação Profissional),  a artista plástica Nailse Barreto fazendo a amostra das suas obras, os cordelistas e repentitas Chico Leite, Lucas Oliveira, Silva Dias, Valderi, Manoelino Souza Gonçalves (Nelinho), Tim Vieira, entre outros consagrados poetas, repentistas e cordelistas da região.
        Durante o evento foram  exibidos vídeos contando a história do Cordel, apresentação de cantores, cordelistas e poetas  da região de Irecê, debates sobre o Cordel e a importância da Literatura de Cordel no campus XVI para o território de Irecê, o Cordel: da feira para a Internet, exposição de cordéis, lançamento e venda de livros sobre o cordel e sorteios de livros para os participantes do evento.
      O objetivo do evento foi introduzir a arte da literatura de Cordel e a cultura popular aos discentes do campus XVI e toda comunidade Ireceense e a outros interessados, apresentando-lhes a história, as formas, regras, maneiras e políticas para a cultura popular da literatura de Cordel, contextualizando-a historicamente e mostrando também a criatividade dos cordelistas, já que o cordel é uma leitura que pode ser cantada, acompanhada de um ou vários instrumentos musicais como viola, rabeca, sanfona, violão, pífano, zabumba, flauta, pandeiro ou outro instrumento.
     

      “Acreditamos que a Literatura de Cordel é um exemplo de experiências inesgotáveis a serem exploradas na universidade junto com a comunidade e em qualquer outro espaço”.

Najara Alves. 
Estagiária UNEB / UDO.

0 comentários:

Postar um comentário