Unordered List

This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

I SEMINÁRIO DE IDENTIDADE E DOCÊNCIA 2º DIA DE ATIVIDADES




TARDE DE ATIVIDADES.
Prof. João Silva Rocha Filho - Diretor do Campus XXIV Xique-Xique



Nesta reta final do I Seminário sobre Identidade e Docência, no DCHT – Campus XVI – Irecê – Ba, está acontecendo a palestra A construção da Identidade docente nos cursos de formação de professores, ministrada pelo professor doutorando pela Universidade do Chile, João Silva Rocha Filho, momento em que João Rocha discorre e dialogo com os princípios de pesquisa relacionadas à idéia de um currículo rico e aberto à inovações, nas quais os professores são agentes de suas potencialidades intelectuais, culturais e formativas.


As discentes do curso de Letras  Giomara e Suelen conduziram o cerimonial  do evento

  Prof. João Silva Rocha Filho - Diretor do Campus XXIV Xique-Xique


                                 

Mesmo no feriado do servidor, o auditório do Departamento recebeu grande  público
                                   +++Veja mais fotos do 2º dia de evento

I SEMINÁRIO DE IDENTIDADE E DOCÊNCIA 2º DIA DE ATIVIDADES

MANHÃ DE ATIVIDADES.
As discentes do curso de Letras  Giomara e Suelen
 conduziram o cerimonial  do evento
Pela manhã ocorre I Seminário sobre Identidade e Docência, no DCHT – Campus XVI – Irecê – Ba, as palestras: Oralidade, escrita e ensino: psicodinâmica do pensar e do fazer, ministrada pela professora doutoranda PPGE/FACED, UNEB – Alogoinhas - Ba, Risonete Lima de Almeida e TIC como práxis contemporânea, sob a responsabilidade do Professor Doutorando Robério Pereira Barreto – PPGE/FACED, UNEB – Irecê – Ba., trabalho mediado pelo professora Daniela Lopes Dourado, momento em que houve interações diversas entre palestrantes e platéia.


 Risonete Lima de Almeida-Professora doutoranda PPGE/FACED, UNEB – Alogoinhas - Ba,

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

ENADE 2011 / DATA DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS




DATA DA PROVA - 06.11.2011
 
OS PORTÕES SERÃO FECHADOS ÀS 13 HORAS (HORÁRIO DE BRASÍLIA) “OS ESTUDANTES SELECIONADOS DEVERÃO RESPONDER O QUESTIONÁRIO DO ESTUDANTE E CONSULTAR O LOCAL DE PROVA ATÉ 06.11.2011” ATRAVÉS DO SITE: www.inep.gov.br
 
IMPORTANTE!
Qualquer dificuldade ou erro ao acessar o site: www.inep.gov.br, o(a) estudante selecionado deverá enviar um e-mail para enade@inep.gov.br,  relatando o ocorrido e informando o código de erro.


ESTUDANTES SELECIONADOS PEDAGOGIA E LETRAS 

I SEMINÁRIO DE IDENTIDADE E DOCÊNCIA - 1º DIA DE ATIVIDADES


++ FOTOS DO 1º DIA DO EVENTO

I SEMINÁRIO IDENTIDADE E DOCÊNCIA-1º DIA DE ATIVIDADES

I SEMINÁRIO IDENTIDADE E DOCÊNCIA-1º DIA DE ATIVIDADES

terça-feira, 25 de outubro de 2011

II JOGOS INTERNOS DA UNEB DE IRECÊ 02,03,04 DE DEZEMBRO


Confirmado: a  realização dos jogos internos da UNEB de Irecê serão nos dias 02,03 e 04 de Dezembro de 2011

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Relação de trabalhos aprovados no I SEMINÁRIO IDENTIDADE E DOCÊNCIA em Irecê

Seminario ID

Eixo 1: O ensino e pesquisa na sala de aula

<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->A domesticação dos corpos entre os muros da escola
Autor: Élis Francielis

<!--[if !supportLists]-->2.    <!--[endif]-->A mediação dialética como estratégia de ensino na “prática” pedagógica do professor do ensino fundamental i: primeiras aproximações
Autor: Jucelito Oliveira da Silva

<!--[if !supportLists]-->3.    <!--[endif]-->Dos limites e problemas da pesquisa em detrimento do ensino na formação de professores para a educação básica
Autores: Claudio Félix/Marta Loula

<!--[if !supportLists]-->4.    <!--[endif]-->Relatos de experiências em formação de professores: novos diálogos
Autores: Macio Machado/Denise Araújo/Tatiana Borba

<!--[if !supportLists]-->5.    <!--[endif]-->A educação e a busca do poder  (in) disciplinar no ambiente escolar
Autor: Arnobson dos Santos Consta

<!--[if !supportLists]-->6.    <!--[endif]-->Comunidade quilombola de Lagoinha: uma análise do léxico na fala dos comunitários  
Autores: Moisés Ribeiro/Gulhermina Souza
 
Eixo 2: O estágio como o espaço-tempo da aprendizagem docente

<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->Estágio: espaço para a construção da indissociabilidade entre ensino pesquisa e extensão
Autores: Monique Barreto Pereira/Cenilza Pereira dos Santos

<!--[if !supportLists]-->2.    <!--[endif]-->Narrativas de vida de aluno do EJA/TOPA em um assentamento da cidade de Baixa Grande: desejos, aquisições e aproximações
Autor: Rubia Mara Lapa

<!--[if !supportLists]-->3.    <!--[endif]-->Educação de jovens e adultos: da escola municipal professora ida bastos
Autor: Eliene Machado Santana

<!--[if !supportLists]-->4.    <!--[endif]-->A teoria do professor-reflexivo como fundamento da proposta de estágio no curso de Pedagogia na UNEB: crítica a uma teoria pseudo-crítica
Autor: Fernanda Meirele

Eixo 3: Relatos de experiência sobre o trabalho docente na Educação Infantil

<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->A pratica pedagógica na educação infantil: um dialogo sobre o brincar como meio de desenvolvimento
Autores: Élida Oliveira /Tatiane Gomes

<!--[if !supportLists]-->2.    <!--[endif]-->O processo ensino-aprendizagem da criança com síndrome de down na educação infantil
Autor: Élida Oliveira

Eixo 4: Relatos de experiência sobre o trabalho docente no Ensino Fundamental

<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->Gestão da educação física escolar em municípios de pequeno porte no interior da Bahia
Autores: Erica Santana/Maria Luiza Santos

<!--[if !supportLists]-->2.    <!--[endif]-->Desafio da coordenação pedagógica: promover a reflexão sobre a prática através da formação docente
Autor: Zélia Oliveira

<!--[if !supportLists]-->3.    <!--[endif]-->Manifestações literárias como elementos da construção da identidade local
Autores: Fabiana Cavalcante e Lella Queiroz

Eixo 6: Tecnologias da Informação e Comunicação na  formação continuada da docência

<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->Uma análise prévia da mutação contemporânea dos saberes impostos à educação à distância
Autores: Nandyara Santos/Sandra Vidal

Eixo 8: Redes sociais e educativas na Web e na escola

<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->Usar ou não usar, eis a questão: redes sociais na escola?
           Autor: Patricia Barreto de Souza

Eixo 9: Relatos de experiências com as TICs nas práticas pedagógicas de ensino de língua escrita.
<!--[if !supportLists]-->1.    <!--[endif]-->Weblog: um novo espaço de escrita
           Autores: Giomara G. Machado/Robério Barreto






VESTIBULAR DA UNEB PRORROGA INSCRIÇÕES ATÉ DIA 06 DE NOVEMBRO

Divulgação vetibular UNEB 2012
Informamos a todos (as) que continua aberta as inscrições no Processo Seletivo Vestibular 2012 dos Cursos de Graduação (presencial) UNEB até o dia 06/11/2011 às 23h59min, conforme publicado no D. O. de 22 e 23/10/11. 
http://www.vestibular2012.uneb.br/ para maioes informações.


Vera Lúcia Gomes dos Santos
Sec. Colegiado Pedagogia
Matrícula 74.355.645-3

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Projeto Juventude em Ação – Construindo a Agenda 21 na Escola

Apresentação de trabalhos desenvolvidos por alunos das escolas estaduais
    
 Nos dias 19,20 e 21 de outubro realiza-se no auditório da UNEB – Campus XVI o Projeto Juventude em Ação com a participação de alunos de escolas estaduais e representantes das Direc 21-Irecê/ Direc 13-Jequié/ Direc 16-Jacobina./ Direc 17-Piritiba/ Direc 18-Itaberaba/ Direc 27-Seabra. 
      O objetivo do projeto é promover a formação de Comissões de meio Ambiente e Qualidade de Vida – COM-VIDA para a elaboração da agenda 21, no âmbito das comunidades escolares da rede estadual de ensino, com base em valores voltados para a sustentabilidade. Propondo a inserção da Educação Ambiental no Projeto Político Pedagógico das Unidades Escolares fomentando o debate socioambiental como processo de formação cidadã de fortalecimento de espaços, de organização e atuação da comunidade escolar estabelecendo relações sustentáveis no ambiente em que vivem.


Najara Alves.
Estagiária UNEB / UDO.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

LINHAS DE PESQUISA DOS PROFESSORES PARA ORIENTAÇÃO DO TCC E TRABALHOS PARA O SIP

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS
DCHT16 - CAMPUS XVI - IRECÊ

COLEGIADO DE LETRAS

DOCENTE
Linha de Pesquisa: possíveis áreas para orientação do TCC
Fabrício Oliveira da Silva
Metodologia do Ens. De Língua Portuguesa, Lingüística aplicada ao Ensino de Português.
Guilhermina Sousa
Leitura e Produção de Texto, Metodologia do ensino de Língua Portuguesa.
Hilderlândia Penha Machado Santos
Leitura e produção de textos, gêneros textuais, diversidade linguística, prática pedagógica: abordagens que enfoquem o ensino de língua portuguesa e literaturas, bem como a formação do profissional de língua portuguesa e literaturas do ensino fundamental I e Ensino Médio.
Joabson Figueiredo
Literatura Baiana. Memória e Identidade Cultural
Kátia Cristina Novaes Leite
Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa, Educação Inclusiva, Alfabetização de alunos com deficiência intelectual.
Lucileide David Rodrigues
Análise do Discurso; Metodologia de Ensino em Língua Portuguesa.
Luiz Felippe Serpa
Análise do Discurso, Ensino de Língua, Gêneros Textuais.
Márcia Regina M. Santos

 Lingüística Aplicada ao Ensino de Língua Portuguesa; Alfabetização e Lingüística; Leitura e Produção Textual, Gêneros Textuais e Sociolinguística.
Maria Aurinívea Souza de Assis
1- Literatura Comparada, Literatura e Mito, Estudos do Trágico, Estudos da obra de Guimarães Rosa.
Marielson Carvalho
Literatura afro-brasileira/afro descendente/negra – Literatura Africana de Língua Portuguesa – Literatura e Música – Literatura e Cinema; Estudos da Cultura; Literatura Baiana.
Orlando Freire
Literatura e Cultura Popular
Robério Pereira Barreto
Linguagens midiáticas e letramentos na web. Práticas Pedagógicas e tecnologias digitais na/para ensino e aprendizagem de escrita e leitura na web. 

Quadro de Horário de Orientação de Alunos 2011.2

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS
DCHT16 - CAMPUS XVI - IRECÊ
COLEGIADO DE LETRAS

Dicas para antes e durante a prova do ENEM


mec.gov..br
 Antes da Prova

1 - Se familiarize com a prova: É muito importante conhecer as questões dos anos anteriores para se familiarizar com o estilo das perguntas. É comum que os alunos fiquem presos às questões de livros, mas na reta final é essencial conhecer o "perfil" de prova que você irá fazer daqui a alguns dias. É muito fácil achar as provas dos anos anteriores com Gabarito na internet, e você consegue até mesmo esses gabaritos em vídeo.

2 – Diversifique os estudos: A prova do ENEM não é focada nos eventos históricos mais obscuros ou nas equações mais complexas. É um erro perder tempo estudando de maneira muito profunda um só tema e ignorar todo o resto. É melhor estudar de modo mais abrangente, em vez de focar demais em um só tópico.

3 – Descanse o corpo e a mente: Na reta final é importante estar descansado, e virar a noite estudando só vai te deixar mais desconcentrado. Lembre-se que o ENEM é uma Maratona e você deve estar fisicamente preparado.  

Durante a Prova

1 – Interpretação e calma: Os textos são longos, então é imprescindível ler com MUITA calma e sublinhar as palavras ou expressões mais importantes para que você não tenha que reler os textos inteiros após ler a pergunta. A prova do ENEM é fortemente baseada em interpretação de textos. Quanto mais você estiver acostumado à leitura e interpretação, melhor você irá na prova!

2 – Dê prioridade às questões que você sabe: Se você encontrar uma questão que não souber resolver, passe para a próxima rapidamente! Como a prova é muito grande, é importante resolver as mais fáceis primeiro, garantindo sua nota. Deixe as mais difíceis para o final!

Dicas Essenciais para a Redação:

A prova de redação sempre tem um grande peso na nota final do ENEM, e a dissertaçãoserá corrigida com base em algumas competências que devem ser explicitadas:

- Competência 1: O primeiro nível de avaliação mede a desenvoltura do candidato com anorma culta da língua. É importante conhecer a linguagem formal, e escrever de acordo com as regras de português. Leia muito, pois ganha pontuação máxima quem segue as regras gramaticais e convenções de escrita!

- Competência 2: A banca avalia a capacidade de entender a proposta da redação e estruturar o texto dissertativo. O texto deve ser dividido em introdução (1 parágrafo) desenvolvimento (2 parágrafos) e conclusão (1 parágrafo). Além disso, na competência 2 é avaliada a originalidade do candidato, então fuja de frases prontas e do senso comum.

- Competência 3: Mede a capacidade do candidato de construir uma linha de raciocínio e argumentação, ou seja, sua capacidade de convencimento. É essencial selecionar fatos, opiniões e argumentos pertinentes para defender suas ideias!

- Competência 4: Avalia a articulação e coesão. Portanto, não se esqueça dos conectivos (elementos que fazem a união de orações como "contudo", "portanto" etc). Você precisa lembrar que as partes do texto devem ser bem conectadas e articuladas.

- Competência 5: Avalia a capacidade de elaborar propostas de solução para a problemática abordada. É essencial que você proponha soluções para os problemas apresentados, lembrando sempre de aspectos humanos e diversidades culturais.

Dicas de para outras disciplinas:

 
Física: Fique atento às aplicações de física no cotidiano! Treine resolver questões de eletricidade com o uso de aparelhos eletrodomésticos, questões de cinemática com exemplos de carros de corrida ou outros transportes (ônibus, trens), e questões de ondas a respeito de ondas sonoras ou ondas luminosas (luz).

Matemática: Aqui também a regra é treinar questões relacionadas ao cotidiano, como questões de probabilidade com cartas de baralho, questões de semelhança de triângulos com postes e sombras ou questões de juros com tarifas bancárias

História e Geografia: É importante estar em dia com conteúdos relacionados às notícias de "atualidades" (Tsunamis, crises mundiais, Meio-Ambiente etc). Além disso, questões de relações de eventos do passado com o tempo presente estão sempre presentes. A comparação da crise econômica atual com a crise de 1929 pode ser um tema de prova.

 Por: Marco Fisbhen, idealizador e diretor geral do Descomplica, site educacional direcionado para alunos, professores e escolas de Ensino Médio e Pré-Vestibular. 
Fonte: www.descomplica.com.br

O que pode e o que não pode no ENEM 2011.



      ENEM 2011 - O exame este ano será aplicado nos dias 22 e 23 de outubro em 1.599 municípios brasileiros. A prova é dividida em quatro áreas do conhecimento com 45 questões objetivas cada uma, além da redação. As provas de sábado abordarão as áreas de ciências da natureza e ciências humanas. No domingo, linguagens e códigos, redação e matemática.

    Segundo o Ministério da Educação (MEC), o Enem 2011 será utilizado por 59 Universidades Federais brasileiras em seus processos anuais de ingresso de estudantes e será o único método de seleção para 30 destas Instituições, incluindo a UFRB.

 Saiba o que pode e o que não pode no ENEM 2011:

1.                  Horário: não haverá tolerância com atrasos.
2.                  Documentos: só originais e com foto são aceitos pelos fiscais.
3.                  Material escolar: nada de lápis e barracha.
4.                  Tempo: relógios também estão proibidos.
5.                  Redação: oito linhas é o mínimo.
6.                  Comportamento: os fiscais mandam na prova.



Fonte: veja.abril.com.br